Alterações climáticas e saúde mental

Alterações climáticas e saúde mental

Imagine que você leva uma vida simples, numa pequena cidade do interior do Brasil. Há alguns anos, começou a tomar medicamentos de uso contínuo para tratar uma doença mental. De um dia para outro, sua casa é destruída por um ciclone, que surge sem aviso prévio, seguido de uma enchente. Boa parte da sua cidade está debaixo d’água ou destruída – incluindo o hospital. Alguns de seus familiares e amigos estão desaparecidos e, justo nesses dias, seu remédio acaba. Sem notícias das crianças e idosos mais chegados, você volta a ter sintomas que estavam controlados e piora drasticamente. Neste momento, vulnerável e sem perspectiva, você nem sabe onde pedir ajuda e nem que tipo de médico procurar. Você é capaz de imaginar o que estaria sentindo numa situação dessas?

Essa não é a sua história, mas pode acontecer com qualquer pessoa. Quando ocorrem desastres naturais, o foco imediato é no tratamento de feridos e na recuperação da parte material, como moradia, alimentos, roupas e utensílios. A comunidade e o poder público mobilizam as providências mais urgentes, ações solidárias ajudam a restabelecer condições mínimas de sobrevivência. Mas e o impacto de eventos meteorológicos extremos na saúde mental?

Existem muitos caminhos que ligam as alterações climáticas e a perturbação da saúde mental.

As médicas Clara Sfoggia, Ana Sfoggia e Olga Falceto assinam um artigo sobre o tema que foi recentemente publicado na GLOBAL MENTAL HEALTH & PSYCHIATRY REVIEW, Vol. 5 No. 1, Winter 2024 (ISSN 2833-3004), respeitada revista da George Washington University (USA)  com colaboração da WASP – World Association of Social Psychiatry.

O artigo A Young Psychiatrist’s Journey in a South Brazil Extreme Climate Event relata a experiência de uma jovem psiquiatra na cidade de Roca Sales (11.000 habitantes) no sul do Brasil, quando a cidade foi devastada por um ciclone e cheias em Setembro de 2023, resultado do fenômeno meteorológico extratropical El Niño, que tem sido agravado pelo aquecimento dos oceanos.

A Young Psychiatrist’s Journey in a South Brazil Extreme Climate Event 

Confira o artigo na íntegra:

Formato PDF, em inglês

 

As imagens abaixo mostram o cenário de devastação da cidade de Roca Sales/RS após o evento climático extremo. Ocorrido em Setembro de 2023, o evento é considerado uma das maiores tragédias naturais da história do Rio Grande do Sul, no Vale do Taquari.

 

Mais informes

Solicite uma AIS independente para o projeto da Mina Guaíba

Seis sociedades médicas e duas sociedades da saúde gaúchas emitiram pareceres técnicos solicitando uma Avaliação de Impacto à Saúde (AIS) independente e de acordo com critérios da OMS (Organização Mundial da Saúde) para o projeto de exploração de carvão mineral da Mina Guaíba-RS (consulte aqui o dossiê) . A AMRIGS (Associação Médica do Rio Grande do Sul) também já se posicionou (leia aqui) sobre os riscos que o projeto da Mina Guaíba pode oferecer à saúde. Junte-se a elas e assine o pedido pela AIS.

[[[["field11","equal_to","Sim"]],[["show_fields","field12"]],"and"]]
1 Step 1
Você é médica(o)?
reCaptcha v3
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder